Arlindinho finaliza música nova de Arlindo Cruz e detalha tratamento do pai: 'Homenagem e respeito'

Ao G1, filho do sambista fala da recuperação de Arlindo, explica homenagem ao pai em seus álbuns e diz que ainda não está preparado para encarar um show drive-in.

Arlindinho e Arlindo Cruz Reprodução/Instagram Arlindinho, filho de Arlindo Cruz, falou recentemente sobre a evolução no estado de saúde do pai e deixou os fãs do sambista animados.

Durante uma live no início do mês, o cantor contou que Arlindo voltou a falar e está começando a querer a formar frases.

Em entrevista ao G1, Arlindinho deu mais detalhes sobre a evolução e o tratamento de saúde do cantor, que sofreu um AVC em 2017 e passou um ano e três meses internado em um hospital.

Arlindo Cruz recebeu alta há dois anos e foi para casa, onde segue com sessões de fonoaudiologia e fisioterapia.

Com a pandemia de coronavírus, o tratamento passou a ser virtual, explica Arlindinho.

"Teve que diminuir a quantidade de sessões e a gente faz mais a fono por vídeo.

Aí o enfermeiro e a cuidadora que ficam com ele ficam passando o exercício que a fono passa.

Com a fisioterapia, a mesma coisa.

E basicamente é isso", explica. O cantor afirmou que Arlindo também já movimenta braços e pernas.

"E está voltando à consciência.

Ele concorda com algumas coisas, nega outras.

Aumentou o grau de consciência dele." "Em relação ao cérebro, não tem tempo de evolução.

Só depende dele.

Ele pode voltar a fazer qualquer coisa ou pode ficar nesse estágio em que está hoje.

O cérebro não tem uma explicação.

É tratar, porque ele vai estar sempre em estado evolutivo.

Sempre melhorando a cada dia." Homenagem ao pai Arlindinho Reprodução/Instagram Arlindinho contou também que pegou algumas canções inacabadas do pai e começou a finalizar: "São músicas que ele já gravou no computador, no celular...

Uma delas vai estar no meu próximo álbum." O cantor pretende repetir o feito em seu disco mais recente, o "Nome e sobrenome", e incluir em todos os futuros álbuns uma música de Arlindo Cruz. "Quero que tenha em todos os meus álbuns pelo menos uma música do meu pai, em forma de homenagem, em forma de respeito a essa obra tão maravilhosa, tão linda, tão rica." Quarentena de composição Além de finalizar algumas obras do pai, Arlindinho tem aproveitado a quarentena para compor. "Acho que a única coisa de bom dessa quarentena é que eu tenho tido tempo pra fazer bastante música.

Quando o mundo voltar ao normal, ao novo normal, eu já vou estar com CD pronto.

Pelo menos com as composições prontas pra gravar o CD." "Apesar de a ansiedade estar mexendo com todo mundo, a quarentena é de fato um ótimo momento pra se dedicar a músicas novas.

Com essas mudanças no mundo, com o mundo recomeçando, acho que escrever sobre isso é extremamente importante." E apesar de já ter se aventurado em uma live nesse período, o cantor diz não se sentir preparado para dar o próximo passo e investir no show drive-in. "Eu fiz uma live, foi bacana, pude ajudar pessoas, minha equipe.

Mas minha expectativa ainda não é animadora pra esse cenário de drive-in." "Tomara que ajude mais músicos, pois os músicos estão muito fragilizados nesse momento, estão sofrendo demais.

Mas infelizmente eu não consigo ver, sem a vacina, uma saída eficaz, que possa ajudar toda classe mesmo." Arlindinho Reprodução/Instagram
Categoria:Pop & Arte